Mahjong Ways

PUBLICIDADE

Palmeiras faz o que paulistas não conseguiram e derrota o Cuiabá na Arena Pantanal pelo Brasileirão

Com um gol em cada tempo, equipe de Abel Ferreira vence e diminui para 11 pontos sua distância para o líder Botafogo

Foto do author Marcius Azevedo
PorMarcius Azevedo
Atualização:

OPalmeirasfez o que nenhum outro paulista conseguiu na Arena Pantanal na atual edição do Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Abel Ferreira teve uma ótima atuação para superar o Cuiabá por 2 a 0, neste sábado, com gols de Raphael Veiga e Richard Rios. A equipe do Mato Grosso, que ainda vai encarar o Corinthians em casa neste segundo turno, havia derrotado Santos (3 a 0) e São Paulo (2 a 1), além de empatar com o Red Bull Bragantino (1 a 1).

PUBLICIDADE

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 37 pontos e encurtou para 11 pontos sua distância para o Botafogo. O líder ficou no empate com o São Paulo no Morumbi, também neste sábado e soma 48. Agora o time de Abel Ferreira vai jogar pela Libertadores, na quarta-feira, contra o Deportivo Pereira, na Colômbia, no jogo de ida das quartas de final.

O caminho para o Palmeiras no primeiro tempo foi pelo alto. Com dificuldade para furar o bloqueio estabelecido pelo Cuiabá na região central do campo, o time de Abel Ferreira jogava com inteligência pelas beiradas. Foram três boas chances de cabeça até que o placar fosse aberto. Luan cruzou bola perfeita para Raphael Veiga, que cabeceou com força, sem chance para Walter, aos 30 minutos. A insistência deu resultado.

Rafael Veiga comemora o gol do Palmeiras contra o Cuiabá Foto:Cesar Greco / Palmeiras

Na defesa, o segredo para chegar ao intervalo em vantagem foi o posicionamento. O Palmeiras não concedeu ao Cuiabá o espaço (mesmo com faltas) que o time de António Oliveira teve em outras partidas na Arena Pantanal. A equipe da casa tinha de brigar por cada centímetro para avançar. Tanto que ocorreu apenas uma finalização com algum perigo, já nos acréscimos.

Para o segundo tempo, o Palmeiras mudou um pouco sua postura. Abel Ferreira recuou suas peças para apostar no contra-ataque com o espaço concedido pelo Cuiabá. E foi empilhando chances. Antes dos 15 minutos foram pelo menos três, incluindo uma bola no trave de Raphael Veiga. Flaco López e Richard Ríos também assustaram Walter.

Com vantagem no placar e jogando mais do que o Cuiabá, Abel Ferreira decidiu que era o momento de poupar o time para o jogo contra o Deportivo Pereira, na quarta-feira, pelas quartas de final da Libertadores. Zé Rafael e Artur, que serão importantes na Colômbia, deixaram o campo. E para corroborar com o pensamento do treinador o Palmeiras chegou ao segundo, em um golaço de Richard Ríos, e definiu o placar.

CUIABÁ 0 X 2 PALMEIRAS

  • CUIABÁ: Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Alan Empereur (Filipe Augusto) e Rikelme; Raniele, Fernando Sobral (Lucas Mineiro) e Cappelini (Denilson); Jonathan Cafu (Derik Lacerda), Deyverson e Clayson (Wellington Silva). Técnico: António Oliveira.
  • PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Murilo e Piquerez (Mayke); Zé Rafael (Fabinho), Richard Ríos e Raphael Veiga (Jailson); Artur (Breno Lopes), Jhon Jhon e Flaco López (Rony). Técnico: Abel Ferreira.
  • GOLS:Raphael Veiga, aos 30 minutos do primeiro tempo; Richard Ríos, aos 21 minutos do segundo tempo.
  • ÁRBITRO: André Luiz Skettino Policarpo Bento (MG).
  • CARTÕES AMARELOS: Piquerez, Raphael Veiga, Luan, António Oliveira, Murilo, Jhon Jhon, Zé Rafael, Alan Empereur e Marllon.
  • PÚBLICO:19.115 pessoas.
  • RENDA:R$ 2.097.775,00.
  • LOCAL: Arena Pantanal.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Mahjong Ways.

Mahjong Ways Mapa do site