Mahjong Ways

PUBLICIDADE

Fernando Diniz chama Neymar e mantém base de Tite em primeira convocação pela seleção brasileira

Treinador comandará a equipe nas partidas contra Bolívia e Peru, nos dias 8 e 12 de setembro

Foto do author Redação
PorRedação
Atualização:

Conheça a primeira lista do Brasil feita por Fernando Diniz, treinador interino da seleção. O comandante, que divide seus trabalhos entre o Brasil e o Fluminense, estará à beira do campo nos dois primeiros jogos do Brasil pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, diante de Bolívia e Peru, nos dias 8 e 12 de setembro. O retorno de Neymar e a manutenção da base de Tite são os principais nessa primeira lista.

PUBLICIDADE

A principal ausência é o meia Lucas Paquetá, alvo de uma investigação por violação de regras de apostas esportivas na Inglaterra. Já Neymar, mesmo recém-transferido para o nada tradicional futebol árabe, esta na lista e participará dos dois primeiros jogos do Brasil pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, diante de Bolívia e Peru, nos dias 8 e 12 de setembro.

O principal astro do Brasil não disputou os amistosos de junho deste ano, contra Senegal e Guiné, porque estava se recuperando de uma lesão grave no tornozelo que o deixou fora de combate por mais de cinco meses. Sua última partida com a seleção foi na eliminação para a Croácia na Copa do Mundo.

Fernando Diniz convoca Neymar em sua primeira lista como técnico da seleção brasileira  Foto:PEDRO KIRILOS

“É sempre muito complexo. A gente procurou assistir todos os jogadores convocados, por vídeo e alguns em estádio. A lista foi se modificando durante esse tempo. Ela tem uma projeção já visando a próxima Copa do Mundo, independentemente de quem seja o técnico”, afirmou Diniz, que tem contrato até junho de 2024, para quando está prevista a chegada Carlo Ancelotti, atualmente no Real Madrid, segundo a CBF.

Diniz, que comanda o Fluminense em paralelo com suas obrigações com a seleção, chamou dois jogadores de sua equipe: o zagueiro Nino e o volante André. Os dois já haviam sido convocados por Ramon Menezes, que comandou o Brasil interinamente no começo do ano e estev no banco nos amistosos de junho. Na ocasião, Nino se machucou e foi substituído por Robert Renan, do Zenit.

A dupla tricolor faz parte da minoria convocada que atua no futebol brasileiro. Além deles e do goleiro Bento do Athletico-PR, o único que atua em um time nacional é o meio-campista Raphael Veiga, do Palmeiras. Diniz manteve algumas novidades da convocação de Ramon, com o lateral-direito Vanderson, do Monaco e o versátil meia Joelinton, do Newcastle.

O contrato de Diniz com a CBF é válido até junho de 2024. A expectativa da entidade é que Carlo Ancelotti, atualmente no Real Madrid, assuma o comando da seleção brasileira ao término do seu contrato com o clube espanhol, que também se dará em junho do próximo ano.

Publicidade

Confira a lista completa

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Bento (Athletico-PR) e Ederson (Manchester City).
  • Laterais: Danilo (Juventus), Vanderson (Monaco), Caio Henrique (Monaco) e Renan Lodi (Olympique de Marselha).
  • Zagueiros: Gabriel Magalhães (Arsenal), Ibañez (Al-Ahli), Marquinhos (PSG) e Nino (Fluminense).
  • Meio-campistas: André (Fluminense), Bruno Guimarães (Newcastle), Casemiro (Manchester United), Joelinton (Newcastle) e Raphael Veiga (Palmeiras).
  • Atacantes: Antony (Manchester United), Martinelli (Arsenal), Matheus Cunha (Wolverhampton), Neymar (Al-Hilal) e Richarlison (Tottenham).

Acompanhe a entrevista coletiva de Diniz ao vivo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Mahjong Ways.

Mahjong Ways Mapa do site